Jornalistas denunciam detenção de colega no Rwanda

Kigali, Rwanda (PANA) – A Associação dos Jornalistas da África Oriental (EAJA) manifestou, quarta-feira, a sua preocupação depois da detenção de um jornalista rwandês acusado de ter relações com grupos da oposição.

O jornalista Cassien Ntamuhanga, diretor de uma rádio cristã, foi detido, segunda-feira, em Kigali, a capital rwandesa.

Ele foi detido ao mesmo tempo com outras duas pessoas, das quais um sobrevivente do genocídio e cantor famoso, e um antigo soldado, acusados de colaborar com um grupo político da oposição, o Congresso Nacional Rwandês, e a FDLR, um grupo rebelde da oposição.

A Polícia publicou um comunicado em que afirma que as pessoas detidas preparavam "uma destituição violenta do Governo".

A EAJA pede a abertura de um inquérito independente sobre as alegações da Polícia e considera esta detenção como "intimidação da imprensa" numa altura em que o país está na via da reconciliação e da tolerância depois do genocídio de 1994.

-0- PANA VAO/NFB/TBM/CJB/TON   17abril2014

17 Abril 2014 17:37:35




xhtml CSS