Jornalistas cabo-verdianos criam rede sobre alterações no Sahel

Praia- Cabo Verde (PANA) -- Uma rede de Jornalistas para questões relativas às alterações climáticas no Sahel foi criada quarta- feira por um grupo de profissionais de comunicação que participaram num seminário sobre essa problemática, apurou a PANA na cidade da Praia.
A rede, coordenada pela jornalista Paula Cavaco e por Manuel Brito do Ministério do Ambiente, Agricultura e Pesca (MAAP), terá como objectivo principal sensibilizar as populações e os decisores políticos sobre certos comportamentos que têm impactos nefastos sobre o ambiente e que influenciam os elementos climáticos que envolvem o planeta.
No encerramento da reunião, a delegada do Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INMG), Alexandrina Martins, exortou a contribuição de todos na disseminação de informação relativas à variabilidade e alterações climáticas no Sahel e das actividades do Comité Interestatal de Luta Contra a Seca no Sahel (CILSS) nesse domínio.
O encontro foi organizado pelo Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INMG) em colaboração com o Centro Regional Agrhymet (CRA).

15 Abril 2004 09:56:00


xhtml CSS