Jornalistas avaliam ganhos na luta contra malnutrição em Cabo Verde

Praia Cabo Verde (PANA) – Um grupo de jornalistas pertencente a diversos órgãos de imprensa internacional realiza entre 26 e 29 de julho corrente uma missão para constatar os ganhos obtidos por Cabo Verde na luta contra a malnutrição, apurou a PANA quarta-feira, na cidade da Praia, junto da representação da ONU no arquipélago.

A missão, promovida pelo Grupo Regional para a Nutrição (GRN), que inclui as várias agências da ONU (Organização das Nações Unidas), vai também tomar conhecimento dos desafios, prioridades e respostas que Cabo Verde tem definido para continuar a enfrentar o fenómeno, num contexto de crise financeira e alimentar global.

A visita deste grupo de jornalistas, a que se juntam também representantes da comunicação social cabo-verdiana, será marcada ainda pela realização de uma conferência de imprensa com o emissário das Nações Unidas para a Nutrição e antigo Presidente da República de Cabo Verde, António Mascarenhas Monteiro.

Este último irá falar do seu trabalho a favor da  luta contra a malnutrição no continente africano.

O antigo chefe de Estado cabo-verdiano (1991-2000) tem vindo a desenvolver, nos últimos anos, ações de advocacia junto de governos e de outras instituições da região da África Ocidental e Central, em nome do GRN, que inclui agências das Nações Unidas, Organizações não Governamentais, Cruz Vermelha e União Europeia (UE).

Durante o encontro com a imprensa, o emissário para a Nutrição irá falar da situação da malnutrição na região, os seus efeitos na sobrevivência e desenvolvimento das crianças, o porquê e como agir rapidamente.

Mascarenhas Monteiro irá explicar ainda como Cabo Verde conseguiu, em alguns anos, ter progressos em matéria de sobrevivência da criança, no que diz respeito à nutrição e à educação, com destaque para a alimentação escolar.

Nesta missão, estarão presentes representantes de órgãos de imprensa como France 2, Afrik.com, Africa 24, A Magazine, RFI, IRIN, La Croix, JRI, France 24, entre outros.

O GRN tem como objetivo realizar ações conjuntas na luta contra a malnutrição infantil na África Ocidental e Central, uma das regiões mais afetadas por este problema.

Calcula-se que, em 2012, ao todo serão mais de dois milhões de crianças menores de cinco anos a sofrerem de malnutrição aguda grave em 24 países de África.

-0- PANA CS/IZ 25julho2012


25 Julho 2012 18:57:00




xhtml CSS