Jornalista morto em confrontos entre regiões na Somália

Mogadíscio, Somália (PANA) – Um jornalista somalí morreu domingo em confrontos armados ocorridos entre as regiões de Galmudug e Puntland, no nordeste do país, anunciaram fontes mediáticas.

O jornalista Mahdi Ali Mohamed, que trabalhava para a rádio A Voz Majd sucumbiu aos seus ferimentos na cabeça provocadas por balas perdidas, explicaram as mesmas fontes.

O sindicato nacional dos jornalistas somalís disse-se aflito pela morte deste profissional de informação, apelando aos seus colegas que evoluem na cidade de Gaal Kacyo, no nordeste, a serem vigilantes no exercício da sua profissão em zonas de combates.

Segundo relatórios de organizações internacionais, a Somália é classificada como o mais perigoso país no mundo para jornalistas, onde 30 morreram nos últimos cinco anos, no exercício da sua nobre profissão.

-0- PANA AD/IN/JSG/MAR/DD 07nov2016

07 Novembro 2016 11:32:22




xhtml CSS