Jornalista moçambicano detido por "insultar" a polícia

Maputo- Moçambique (APAN) -- O poeta e jornalista moçambicano Amin Nordine foi detido por ter alegadamente insultado a polícia, anunciou segunda-feira a agência nacional de notícias "AIM".
Nordine, um correspondente da publicação privada "Vertical" com sede na cidade do centro do país da Beira, foi detido na última quarta-feira.
Outros jornalistas que o visitaram na prisão disseram que ela estava a espera da sua família " para resolver o problema".
Outro escritor na Beira, Heliodoro Baptista, que estava com o jornalista quando foi detido, disse que o "único crime de Nordine foi o de ter-me saudado em voz alta as duas horas da manhã".
Qualificou a detenção feita pela polícia de "incompreensível".
" A única razão para a detenção de Nordine são velhas queixas que o regime neste país tem contra mim", disse Baptista.
"Ele foi detido por ser um dos poucos amigos que eu tenho, e não gostam dele".

28 Abril 2003 19:42:00




xhtml CSS