Jornalista condenado a um ano de prisão efectiva na Mauritânia

Nouakchott- Mauritânia (PANA) -- O director de publicação do jornal Al Qods, Abdel Vettah Ould Abeidna, julgado por difamação, foi condenado terça-feira a um ano de prisão efectiva e a 300 milhões de ouguiyas (.
.
.
) de multa, soube a PANA de fontes judiciais.
Ould Abeidna foi processado poe um homem de negócios, Mohamed Ould Bouamatton, citado pelo jornal AL Qods no assunto de tráfico de droga na Mauritânia.
Trata-se do primeiro processo por difamação após a promulgação, durante o periodo de transição, da lei sobre a imprensa considerada muito repressiva pelas associações dos profissionais dos médias.

07 Novembro 2007 19:04:00




xhtml CSS