Jornalista Hadji Hassanli libertado nas Comores

Moroni- Comores (PANA) -- O jornlista Hadji Hassanali, colaborador da Gazette das Comores, foi posto em liberdade a meia noite de sábado em Moroni, a capital, confirmou a PANA na sua residência.
Entretanto, o jornalista deverá apresentar-se no escritório de um juiz a partir da manhã de segunda-feira, precisou o implicado.
Hadji Hassanly, foi detido pela polícia em Moroni durante todo dia, depois de uma informação que publicou na Gazette das Comores sobre uma personalidade influente do poder da União das Comores.
O jornlaista escreveu que este responsável teria comprado, utilizando outro nome, "o Grand Bleu", um 'dancing-bar' situado em Voidjou, um subúrbio a norte de Moroni.
Hadji Hassanali pensa ter sofrido desde então, " uma punição e um medida arbitrárias", por apenas ter feito o seu trabalho de informar.
O jornalista é conhecida em Moroni pelos seus artigos críticos sobre o regime no poder.
Para ele, o regime do coronel Ansoumana Azali não é garante de quaisquer esperanças para as Comores.
Ele sustenta igualmente que a reconciliação nacional, impulsionada pelo acordo de Fomboni, foi um fracasso que é necessário reconhecer, a fim de buscar outras alternativas.

09 Março 2003 19:24:00




xhtml CSS