Jornal ganense insta governo a conter fuga de cérebros

Accra- Gana (PANA) -- O jornal privado de maior circulação no Gana, o "Chronicle", desafiou o governo a conter um êxodo da maioria dos trabalhadores do sector da saúde que procuram melhores ofertas de emprego no exterior do país.
Num editorial, o jornal refere que os profissionais ganenses estão colocados entre o patriotismo e a sobrevivência económica.
"Isto tem sido acentuado pela difícil situação económica, que dificulta a satisfação das necessidades de alimentação, habitação e transporte aos profissionais empregados no sector público", sublinhou.
O Chronicle considera que os profissionais estavam conscientes que são altamente necessitados fora do país, daí a tentação de emigrarem.
"Cabe ao governo dar aos profissionais os incentivos necessários, incluindo salários e condições de trabalho decentes", defendeu o jornal.

11 Outubro 2003 08:10:00


xhtml CSS