Jean-Pierre Bemba reitera apelo para candidatura única da oposição na RD Congo

Kinshasa, RD Congo (PANA) - O senador Jean-Pierre Bemba, candidato declarado às presidenciais de 23 de dezembro de 2018, na RD Congo, reiterou sexta-feira o seu apelo para uma candidatura única da oposição, na sua primeira conferência de imprensa desde o seu regresso a Kinshasa, a 1 de agosto corrente.

"Mantendo a autonomia de cada partido, não podemos conseguir a unidade da oposição. Se a oposição estiver dividida, não é possível vencer as eleições. É preciso que nos encontremos  para ver juntos o que devemos fazer no interesse do nosso país. Somos aliados políticos", sublinhou.

Bemba exortou igualmente as autoridades congolesas a "encontrar uma solução" para o caso  de Moise Katumbi, outro candidato da oposição às presidenciais de 23 de dezembro de 2018, que o Governo não autorizou sexta-feira a regressar ao país para depositar a sua candidatura.

"Apelo aos dirigentes a encontrar uma solução para que Moise Katumbi possa regressar ao país em nome da transparência, da inclusividade e da acalmia do processo eleitoral. Penso que a unidade nacional e a coesão nacional devem ser consolidadas", disse.

O senador Bemba propôs discussões para que um seja encontrado um consenso sobre a   maquina do voto e sobre os eleitores fictícios no ficheiro eleitoral.

Jean-Pierre Bemba regressou ao seu país, quarta-feira, depois de ter passado 10 anos no Tribunal Penal Internacional (TPI), que o condenou a 18 anos de prisão por crimes cometidos pelos seus soldados na República Centroafricana (RCA).

Logo no seguinte, ele depositou junto da Comissão Eleitoral Nacional Independente (CENI) a sua candidatura às presidenciais de 23 de dezembro próximo, pelo Movimento de Libertação do Congo (MLC).

-0- PANA KON/JSG/SOC/MAR/IZ 4agosto2018

04 Agosto 2018 18:23:24


xhtml CSS