Japão solicita apoio do Togo para sua candidatura à exposição universal de 2025

Lom , Togo (PANA) - O emissário do primeiro-ministro do Japão, Yoshifumi Okamura, pede o apoio do Togo á sua candidatura à exposição universal de 2025, soube a PANA sábado de fontes oficiais em Lomé.

No termo duma audiência com o Presidente togolês, Faure Gnassingbé, quinta-feira última em Lomé, o também ex-embaixador nipónico no Togo disse contar com o Togo para apoiar a sua candidatura a esta exposição que ele quer tanto organizar.

O Japão promete uma dinamização da cooperação com o Togo a partir do próximo ano durante a conferência internacional África-Japão, TICAD VII, em Yokohama, no Japão.

O  Togo, refere-se, beneficia, desde 2008, dum projeto japonês denominado « Kennedy round », executado após a Segunda Guerra Mundial para garantir a segurança alimentar nos países em desenvolvimento.

A exposição universal, organizada pelo Escritório Internacional das Exposições (BIE) , realiza-se de cinco em cinco anos, par sensibilizar e propor soluções para os desafios internacionais e contemporâneos.

A próxima exposição vai realizar-se em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, de 20 de outubro de 2020 a 10 de abril de 2021, sob o lema « Conetar os Espíritos, Construir o Futuro ».

Segundo as regras de procedimento, os 170 Estados-membros do BIE elegerão o anfitrião de 2025  durante a  164ª Assembleia Geral da Organização em novembro de 2018.

Na lista dos candidatos para a Exposição Universal de 2025 figuram três países, designadamente o Japão (Osaka), a Federação da Rússia (Ekaterinburg) e a República de Azerbeijão (Bakou).

-0- PANA FAA/IS/SOC/FK/DD  11fev2018

11 Fevereiro 2018 15:01:44


xhtml CSS