Japão apoia formação de parteiras e médicos de cinco países africanos

Rabat- Marrocos (PANA) -- A Agência Japonesa de Cooperação Internacional (JICA) e o governo marroquino assinaram sexta-feira em Rabat um acordo de cooperação tripartida sobre a implementação de um programa trienal (2007-2009) de formação para parteiras e médicos no Benin, no Burkina-Faso, na Mauritânia, no Niger e no Senegal, soube a PANA de fonte oficial no local.
Segundo a fonte, este programa tem por objectivo reforçar as capacidades dos profissionais das maternidades em matéria de cuidados obstetricais e neonatais de urgência, e reduzir a taxa de mortalidade materna e neonatal que ainda continua muito elevada em alguns países africanos.
À razão de duas formações por ano, 48 estagiários dos cinco países africanos participarão em sessões de 2008 e de 2009 em Marrocos, de acordo com a mesma fonte.
Por seu lado, o Ministério marroquino da Saúde colocará à disposição destes países africanos a experiência acumulada na cooperação com o Japão, no tocante à construção, à reabilitação e ao equipamento dos hospitais e maternidades, além da assistência técnica fornecida pela JICA.
Organismo público de apoio ao desenvolvimento tutelado pelo Ministério nipónico dos Negócios Estrangeiros, a JICA está incumbido da assistência técnica e da execução da cooperação financeira não reembolsável nos programas do apoio público ao desenvolvimento do Japão.
Em África, a JICA contribui, entre outros sectores, para o desenvolvimento social, a educação, a saúde, o abastecimento da água potável, a agrícultura, sendo esta última área o garante da segurança alimentar.

09 Novembro 2007 20:00:00


xhtml CSS