Hospital universitário de Brazzaville em greve ilimitada por salários em atraso

Brazzaville, Congo (PANA) – A Intersindical do Centro Hospitalar e Universitário (CHU) da capital congolesa, Brazzaville, decretou, quarta-feira, uma greve ilimitada por falta de salários e subsídios diversos, soube-se esta quinta-feira de fonte oficial.

« (…) Nós decidimos esta greve para reivindicar o pagamento de dois meses de salários em atraso”, declarou Albert Ngatsé-Oko, da Intersindical do CHU.

Segundo o sindicalista, os grevistas exigem que sejam tratados como os demais agentes do Estado que registam uma regularidade de pagamento de salários.

Ele justificou a situação do CHU pelo facto de que as receitas do estabelecimento não podem suportar a massa salarial que é muito elevada.

Do seu lado, o diretor-geral interino do CHU, Jérémie Mouyoukani, indicou que o Governo está a trabalhar sobre isso e  espera que uma solução será encontrada o mais cedo possível  para este grande centro hospitalar do Congo.

-0- PANA MB/JSG/FK/IZ 3ago2017

03 Agosto 2017 11:54:47


xhtml CSS