Homens armados raptam engenheiro de rádio na Somália

Mogadíscio- Somália (PANA) -- Homens armados não identificados raptaram segunda-feira à noite Sharif Husein Mohamed, engenheiro da rádio "Banadir" de Mogadíscio (capital da Somália).
Segundo fontes familiares, o técnico foi raptado quando estava a caminho da sua casa no distrito de Karan (norte de Mogadíscio).
A capital somalí tem sido palco de raptos diariamente e os criminosos exigem, na maior parte dos casos, o pagamento de um resgate que ronda entre os 5 mil e os 15 mil dólares antes de libertarem as suas vítimas.
O Centro de defesa dos direitos humanos "Ismail Jimale" condenou veementemente o acto e apelou aos raptores a libertaram o técnico o mais rápido possível.
Aquela organização de defesa dos direitos humanos referiu que Husein é um servidor de toda a comunidade somalí, tendo considerado o seu rapto de desumano.
Um rebelde somalí, Musa Sudi Yalahow, juntou também a sua voz a libertação de Hussein.

06 Maio 2003 10:11:00




xhtml CSS