Homens armados atacam hotel que alberga missão da UA na Somália

Mogadíscio- Somália (PANA) -- Homens armados não-identificados atacaram segunda-feira à noite um hotel que alberga a missão militar da União Africana que se encontra em Mogadíscio para negociar com as partes beligerantes somalís o programa de desarmamento da Somália que se seguirá imediatamente à formação de um novo governo interino.
Os atacantes utilizaram uma bomba, mas não houve vítimas, disseram terça-feira fontes policiais.
Embora o alvo dos assaltantes ainda seja desconhecido, o ataque acontece dois dias depois da missão liderada pelo tenente-coronel Abdulhamid Khalifi chegar a Mogadíscio e pouco tempo depois de alguns folhetos terem sido atirados nas ruas a exigir a anulação da visita alegando que a missão favorecia algumas facções somalís.
O porta-voz da Polícia somalí em Mogadíscio, coronel Mohamed Omar Madale, disse à PANA que o ataque estava a ser investigado antes das autoridades policias divulgarem um comunicado.
Entretanto, a missão da UA continua no mesmo hotel, cuja direcção assegurou que a situação estava calma.

29 Julho 2003 20:03:00




xhtml CSS