Historiador senegalês prediz futuro radioso para África

Dakar, Senegal (PANA)   – O presidente da Comissão Fórum e Colóquio do III Festival Mundial das Artes Negras (FESMAN), o historiador senegalês Iba Der Thiam, declarou sexta-feira à noite em Dakar que África será o continente do Século XXI.

"África é a mãe das civilizações e o berço da humanidade. Aquela África ai será o continente do Século XXI", afirmou Thiam, convidando intelectiuais do continente e da sua diáspora a serem "partidários da paz e não de guerras".

Na sua ótica, o festival vai dar ao mundo negro um novo impulso e uma  vitalidade imensa.

A cerimónia de abertura do FESMAN, que terminará a 31 de Dezembro, decorreu sexta-feira última à noite em Dakar na presença das delegações de vários países africanos e da diáspora, bem como dos Presidentes Abdoulaye Wade do Senegal, Mohamed ould Abdel Aziz da Mauritânia,  Teodoro Obiang Nguema MBassogo da Guiné-Equatorial e Malam Bacai Sanha da Guiné-Bissau.

-0- PANA SIL/AAS/DD 12Dezembro2010

12 Dezembro 2010 16:19:29


xhtml CSS