Hepatite E faz 38 mortos na província nigerina de Diffa

Niamey, Níger (PANA) – Mil e 987 casos suspeitos ou confirmados de hepatite E dos quais 38 mortes foram registados até 12 de outubro corrente na província nigerina de Diffa, no extremo-leste do país, segundo o boletim de informação do Escritório das Nações Unidas para a Coordenação dos Assuntos Humanitários (OCHA) para o Níger.

No seu documento, o OCHA precisa que a taxa de letalidade passou de 29 porcento, em de abril deste ano, para 1,91 porcento até 12  de outubro corrente, observando-se igualmente uma diminuição dos casos desde 10 de julho último.

As mulheres e os adolescentes de 15 anos de idade ou mais são os grupos mais afetados, numa detetada pelas autoridades sanitárias a 19 de abril de 2017.

O maior número de casos foi registado na cidade de Diffa, onde o pessoal sanitário e os parceiros humanitários continuam as atividades de tratamento médico e de prevenção.

-0- PANA SA/BEH/SOC/FK/IZ  22out2017

22 Outubro 2017 20:37:45


xhtml CSS