Habitantes de Abobo fogem em massa a confrontos na capital ivoiriense

Abidjan, Côte d'Ivoire (PANA) – Os habitantes da comuna de Abobo, situada no norte de Abidjan, a capital económica ivoiriense, e favorável a Alassane Ouattara, estão a fugir do seu bairro para se refugiar em outros julgados mais seguros, constatou a PANA no local.

Com pastas penduradas so corpo, esteiras e utensílios de cozinha na cabeça, pegando os seus filhos ou arrastando colchões, eles fogem da comuna de Abobo, transformada em campo de batalha há alguns dias.

O primeiro destino destes « refugiados » do sub-bairro « PK18 » é o vizinho bairro de Yopougon.

Este êxodo intensificou-se quinta e sexta-feiras, após dois dias de confrontos ferozes entre as Forças de Defesa e Segurança (FDS,  favoráveis a Laurent Gagbo),  e um grupo armado próximo do seu adversário Alassane Ouattara.

O Conselho de Ministros do Governo de Gbagbo, reunido quinta-feira última, condenou os atos dos que os Ivoirienses qualificam de « comando misterioso » ou « comando invisível », uma unidade não identificada que se bate contra as FDS.

O Governo de Gbagbo acusou também a Operação das Nações Unidas na Côte d'Ivoire (ONUCI) de apoiar este « comando misterioso ».

A Côte d'Ivoire dirige-se para uma efervescência total, com confrontos esporádicos em várias cidades como Zouan-Hounien (oeste) e em Bouaké e Yamoussoukro, no centro do país.

Lembre-se que a Côte d'Ivoire atravessa uma crise profunda desde a segunda volta das eleições presidenciais de 18 de novembro de 2010 que consagrou dois Presidentes, com Alassane Ouattara proclamado pela Comissão Eleitoral Independente (CEI) e apoiado fortemente pela comunidade internacional, e o cessante Laurent Gbagbo, designado pelo Conselho Constitucional.

-0- PANA GB/JSG/FK/IZ 25Fev2011

25 Fevereiro 2011 14:07:30




xhtml CSS