Grupo musical sul-africano canta em homenagem a Nelson Mandela na África do Sul

Cidade do Cabo, África do Sul (PANA) - O grupo vocal sul-africano, Ladysmith Black Mambazo,  dará três concertos musicais neste fim de semana para honrar a memória do ex-Presidente sul-africano, Nelson Mandela (de 1994 a 1999), soube-se de fonte segura no local.

O grupo aproveitará estes concertos em saudação ao centenário do nascimento de Mandela a ser assinalado a 18 de julho próximo.

Ladysmith Black Mambazo viajou com Mandela, ícone internacional, para Oslo, na Noruega, em 1993, para este último receber o Prémio Nobel da Paz.

Cantou, em 1994, aquando da investidura deste herói nacional, como primeiro Presidente negro sul-africano democraticamente eleito.

Na altura, Mandela disse que os elementos deste grupo "são embaixadores da cultura sul-africana".

Cinco vezes laureado dos prémios Grammy Awards, o Ladysmith Black Mambazo, foi fundado por Joseph Shabalala em 1960 tendo ganho a fama internacional graças à sua participação no álbum Graceland de Paul Simon em 1986 e recebido numerosas recompensas.

Os prémios Grammy Awards ou Grammies (inicialmente chamados Gramophone Awards) foram criados nos Estados Unidos em 1958, sendo outorgados anualmente, desde então, pela Academia Nacional das Artes e Ciências (NARAS, sigla em inglês) aos melhores artistas e melhores técnicos no setor da música.

-0- PANA CU/MA/NFB/IS/IBA/MAR/DD 30maio2018

30 mai 2018 11:05:22




xhtml CSS