Grupo coregráfico moçambicano em períplo à França

Paris- França (PANA) -- O grupo moçambicano designado por "Um solo para cinco", cuja coregrafia encena cinco raparigas inteiramente nuas, iniciou um périplo a várias cidades francesas, mormente Bordeaux, Estrasburgo e Paris, onde se exibirá nos dias 8, 9 e 10 de Abril próximo, soube-se terça-feira de fonte segura.
Os primeiros obstáculos de "Um solo para cinco", premiado em Novembro passado nos encontros coregráficos de África e do Oceano Índico em Antananarivo (Madagáscar), suscitaram a admiração e a surpresa do público francês pouco acostumado a ver dançarinas nuas.
"A nudeza faz parte da nossa cultura.
Gostaria simplesmente de falar da condição das nossas mulheres em Moçambique, reduzidas às suas funções sexual e materna.
A mulher é uma outra coisa que um objecto de prazer ou uma maquina de assegurar a continuidade da vida", sustentou o corégrafo do grupo Augusto Cuvilas.
Antes da sua digressão à França, "Um solo para cinco", que se deslocará depois à Espanha, Grã Bretanha, Tunísia e Itália, teve um sucesso brilhante durante as suas exibições no Teatro Nacional de Maputo, capital moçambicana.

10 Março 2004 14:16:00


xhtml CSS