Grupo Trace vítima de falsificadores na rede social Facebook

Abidjan, Côte d’Ivoire (PANA)   - O Grupo Trace declarou quinta-feira última, ter sido vítima de burladores que usurparam marcas das suas duas cadeias de televisão , Trace Africa e Trace Urban, para criar páginas Facebook e propagar, em nome destes canais, informações falsas sobre dois músicos congoleses, designadamente recem-falecido Papa Wemba e Koffi Olomidé.

O Grupo Trace indica, num seu comunicado, ter imediatamente contactado os responsáveis de Facebook para proibirem estas duas páginas.

Também disse que vai processar, sem trégua, todos os burladores que tentarem utilizar a notoriedade das suas marcas para fins fraudulentos.

« É uma fraude que levamos muito a sério », declarou  o cofundador e presidente diretor do grupo Trace, Olivier Laouchez.

« Agradecemos a todas as pessoas de boa vontade, das quais os responsáveis de Facebook, que nos ajudam a frustrar estes atos malevolentes, e não hesitaremos em processar os fraudulentes exigindo deles a reparação e pagamento de perdas e danos »,   advertiu.

Um endereço eletrónico-infofraude@trace.tv foi criado para denunciar qualquer conta Facebook fraudulenta.

-0- PANA BAL/BEH/SOC/FK/DD 29julho2016

29 Julho 2016 10:43:43


xhtml CSS