Greve dos trabalhadores da saúde no Gabão

Libreville- Gabão (PANA) -- O Sindicato Nacional do Pessoal da Saúde do Gabão (SYNAPS) convocou segunda-feira uma greve geral para levar as autoridades a ter em conta as suas reivindicações salariais, soube a PANA de fonte sindical.
O SYNAPS entregou um pré-aviso de greve ao primeiro-ministro gabonês, Jean Eyeghe Ndong, desde 18 de Dezembro último.
O secretário-geral do SYNAPS, Serge Mickala Moundounga, declarou segunda-feira que o Governo não se ocupava bem dos agentes públicos permanentes ou não do sector da saúde, "que é o actor principal de qualquer política orientada para as populações".
As principais reivindicações do SYNAPS abrangem os subsídios de alojamento e hospitalar.
Os trabalhadores da saúde seguem assim os funcionários do sector da educação, em greve há três meses.

12 Janeiro 2009 13:57:00


xhtml CSS