Greve de trabalhadores bloqueia voos da Air Nigeria

Lagos, Nigéria (PANA) – Vários passageiros com reservas nos voos da Air Nigeria ficaram  bloqueados esta segunda-feira, na sequência duma greve dos engenheiros desta companhia aérea pelo que eles consideram como uma ingerência da direção no seu trabalho.

Os grevistas, sob a égide da Associação Nacional dos Pilotos e Engenheiros de Aviões (NAAPE), ameaçaram não retomar o trablalho até à satisfação das suas reivindicações.

A Air Nigeria pertence ao magnata empresarial nigeriano Jimoh Ibrahim.

As exigências do pessoal em greve envolvem o aumento dos seus subsídios, o aprovisionamento de peças de reposição e de equipamentos, o pagamento dos seus atrasados de salários, a reposição das férias anuais para o pessoal suspensas desde 2010 e o aumento dos salários.

O presidente da NAAPE, o engenheiro Balami Isaac, confirmou as exigências dos membros da sua associação, declarando que a direção da companhia aérea tentou reduzir os custos de manutenção dos seus 11 aparelhos.

« A companhia tem 11 aparelhos, mas apenas sete estão operacionais. A direção quer acrescentar três aparelhos que  não estão em estado de funcionamento nesta frota, o que os trabalhadores recusam. Como consequência, o diretor de Manutenção da Air Nigeria, o engenheiro James Erigba,  foi despedido antes de ser convocado esta manhã”, explicou Isaac.

Segundo ele, todos os engenheiros vão manter as suas posições até  que a direção encontre uma solução para o problema.

No entanto, Isaac ordenou que todos os aparelhos sejam objeto duma manutenção adequada e mantidos ao solo até à reação da direção.

Para não prejudicar os interesses dos clientes, vários passageiros que compraram e levantaram os seus bilhetes de passagem foram reembolsados.

O porta-voz da Autoridade da Aviação Civil, Samuel Adurogboye, declarou que se tratava dum problema interno que devia ser resolvido entre a direção e o pessoal.

Ele sublinhou, no entanto, que a NCAA recebeu uma queixa oficial sobre a pretensa inclusão de aparelhos que não estão em funcionamento na frota da Air Nigeria e que a agência enviou os seus engenheiros para verificar esta alegação.

O porta-voz da Air Nigeria, Samuel Ogbogoro, ainda não respondeu às solicitações da imprensa sobre este caso.

-0- PANA AD/BOS/FJG/TBM/SOC/FK/IZ 14nov2011

14 Novembro 2011 23:03:30




xhtml CSS