Greve da imprensa pública no Burkina Faso

Ouagadougou, Burkina Faso (PANA) – Os jornalistas da imprensa pública do Burkina Faso iniciaram, quarta-feira, uma greve de quatro dias para exigir melhores condições de vida e de trabalho.

No seu caderno reivindicativo, os trabalhadores da imprensa pública exigem, nomeadamente, a elaboração e a adoção dum estatuto particular para  a melhoria consequente das suas condições de vida e de trabalho.

« As autoridades não manifestaram nenhuma vontade real de examinar as nossas preocupações e dar soluções adequadas », escreveu numa carta endereçada ao Presidente burkinabe o sindicato dos jornalistas, que acusa o ministro de tutela de "denegrir" a classe.

« Esta tentativa de nos denegrir perante a opinião pública indignou todos os trabalhadores e o povo burkinabe », deplora o sindicato.

-0- PANA NDT/JSG/MAR/IZ 26out2016

26 Outubro 2016 18:19:24


xhtml CSS