Grandes Prémios África do teatro francófono decorrem no Benin

Cotonou- Benin (PANA) -- A cidade de Porto Novo, no Benin, acolhe quinta-feira a segunda edição dos "Grandes Prémios África do Teatro Francófono", durante a qual 20 profissionais africanos da Diáspora serão distinguidos.
Organizada para oferecer anualmente aos profissionais do teatro uma oportunidade de distinção, a edição deste ano inicia-se quinta-feira na capital beninense, indicaram os organizadores.
A edição de 2009 é co-organizada pela Escola do Património Africano (EPA) com o patrocínio da Câmara Municipal de Porto Novo.
Ela prestará igualmente homenagem ao Burkinabe Jean Pierre Guingané, dramaturgo, membro do Comité Executivo do Instituto Internacional do Teatro junto da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) e director do Festival Internacional de Teatro de Ouagadougou.
Segundo um comunicado divulgado pelos organizadores, os seleccionados provêm de 20 países africanos (Argélia, Benin, Burundi, o Burkina Faso, a República Centroafricana, Camarões, ilhas Comores, Côte d'Ivoire, Senegal, Madagáscar, Gabão, Guiné-Conakry, Guiné Equatorial, Congo-Brazzaville, Djibuti, Níger, Mali, Tchad, Tunísia e Togo).
Vão igualmente participar representantes de três países de acolhimento dos Africanos da Diáspora, designadamente a Inglaterra, os Estados Unidos e França.
Os seleccionados serão submetidos a uma audição pública sobre as suas respectivas disciplinas, na presença dum júri internacional composto de profissionais da cultura, precisa a nota.
As distinções serão atribuídas a 14 disciplinas incluindo o melhor autor e o melhor encenador passando pelo melhor média.

15 Dezembro 2009 16:39:00


xhtml CSS