Governo sul-africano reforça medidas de segurança antes de exéquias de Nelson Mandela

Joanesburgo, África do Sul (PANA) – As autoridades sul-africanas estão a trabalhar arduamente para garantir a segurança de mais de 50 chefes de Estado ou de Governo e outras personalidades bem como centenas de milhares de pessoas que assistem esta semana às  exéquias de Nelson Mandela, falecido quinta-feira última aos 95 anos de idade.

O estádio FNB de Joanesburgo, que acolheu a final do Mundial de futebol de 2010, albergará terça-feira uma cerimónia nacional, e as forças de segurança sul-africanas instalaram o mesmo dispositivo que garantiu o êxito daquele torneio.

Por exemplo, o estádio ficará encerrrado e o espaço aéreo securizado para além de uma forte presença policial desdobrada nos arredores do recinto desportivo.

A Union Buildings, sede  do Governo em Pretória onde os restos mortais de Mandela estarão expostos a partir de quarta-feira, será controlada pela Polícia e por forças especiais.

« Todos os eventos e os que assistirão  a esta cerimónia estão securizados. Garanto-lhes que  instalámos medidas de segurança muito estritas”, disse Collins, conselheiro do Presidente Zuma.

-0- PANA CU/SEG/NFB/JSG/FK/IZ 09dez2013

09 Dezembro 2013 18:41:17




xhtml CSS