Governo confirma assassinato de dois aldeões no norte do Burkina Faso

Ouagadougou, Burkina Faso (PANA) - O Ministério burkinabe da Segurança confirmou, quarta-feira, o rapto seguido de assassinato de dois aldeões no norte do país, regularmente alvo de ataques terroristas.

Na noite de terça-feira, 17, o chefe de Hocoulourou (distrito de Baraboulé), raptado a 7 de julho de 2018 por um grupo de homens armados, foi  executado à entrada de Baraboulé, explicou o Ministério da Segurança num comunicado.

Na manhã seguinte, foi encontrado perto da mesma localidade o corpo sem vida de um camponês local, com sinais de morte a tiro, indica a mesma nota.

Segundo as autoridades de segurança, estas execuções foram perpetradas por indíviduos armados não identificados que depois se meteram em fuga.

Alertadas, as forças de defesa e de segurança patrulham a região à busca dos criminosos, revelou o Ministério da Segurança, que convida as populações a denunciar todos os movimentos de pessoas suspeitas na zona.

-0- PANA NDT/BEH/MAR/IZ 18jul2018

18 Julho 2018 23:09:54


xhtml CSS