Governo burkinabe recruta voluntários para substituir agentes de finanças em greve

Ouagadougou, Burkina Faso (PANA) – O Governo burkinabe recruta desde segunda-feira, voluntários na Função Pública para substituir agentes do ministério das Finanças em greve há várias semanas.

« A fim de garantir a continuidade do serviço, o Conselho de ministros autorizou os ministros encarregues deste dossiê a recrutarem o pessoal de ajuda, nomeadamente aposentados e voluntários, e tomar qualquer iniciativa que permita desfazer nós constatados a nível da cadeia de despesas e da mobilização dos recursos domésticos », indicou segunda-feira à noite o Governo no termo da sua reunião.

Segundo o Governo, esta medida explica-se pelo facto de que, « apesar dos esforços envidados pelo Governo para manter tal e qual o fundo comum para o ano de 2018, enquanto se aguarda pela aplicação, a partir de janeiro de 2019, das recomendações da conferência sobre o sistema de remuneração dos agentes públicos do Estado», a Coordenação dos Sindicatos do Ministério da Economia e Finanças (CS-MEF) manteve a sua palavra de ordem de greve de uma semana.

A luta dos agentes do ministério das Finanças consiste em sete pontos a que se acrescentaram dois outros sobre as liberdades sindicais e o restabelecimento, nos seus direitos, dos responsáveis demitidos no termo das greves precedentes.

O descontentamento social observado, desde a chegada ao poder do Presidente Roch Marc Christian Kaboré em 2016, obrigou a sua equipa a tomar várias medidas, das quais a organização, na semana passada, duma Conferência Nacional sobre a Reavaliação dos Salários, refere-se.

-0- PANA NDT/IS/SOC/FK/DD 19junho2018

19 Junho 2018 10:52:57


xhtml CSS