Gendarmes para assegurar passagem do Rali Dakar na Mauritânia

  Nouakchott- Mauritânia (PANA) -- Um importante dispositivo de segurança composto essencialmente por unidades da Gendarmaria Nacional foi enviada segunda-feira ao norte da Mauritânia para garantir a segurança dos concorrentes do Rali Dakar, constatou-se terça-feira em Nouakchott.
   As autoridades mauritanianas, que tranquilizaram os organizadores num comunicado publicado alguns dias antes da partida da competição, enviaram reforços suplementares às zonas de percursos do Rali.
   A corrida que começa quarta-feira as suas etapas na Mauritânia pelo troço Bir Moghrein-Zouérate, no quadro da sexta etapa, com uma especial de 492 quilómetros.
   Os reforços enviados pela Mauritânia visam assegurar as principais etapas entre Zouérate, Tichitt, Tidjikja, Atar (norte do país) e Kiffa (sul), porta de saída do Rali, a 11 de Janeiro próximo, rumo a Bamako, no Mali.
   A novidade no percurso é que o Rali já não acede ao Mali pela fronteira leste da auritânia, zona de insegurança onde actuam alegadamente alguns bandos armados.
   A passagem do actual Rali foi desviada mais para o sul para reduzir os riscos de ataques contra os concorrentes.
   Várias vezes, recorde-se, participantes no Rali foram atacados por assaltantes para se apoderarem dos seus veículos e dinheiro.
  

05 Janeiro 2005 12:51:00


xhtml CSS