Gbagbo aproveita incidentes de Abobo para reclamar pela partida da ONUCI

Abidjan, Côte d'Ivoire (PANA) – O Presidente cessante da Côte d'Ivoire, Laurent Gbagbo, reiterou sábado o seu pedido de ver partida a Operação das Nações Unidas na Côte d'Ivoire (ONUCI) desdobrada desde 2004 para velar pela manutenção da paz.

Esta exigência exprimida desde 18 de Dezembro último  foi reafirmada por Laurent Gbagbo, com os últimos incidentes ocorridos entre comboios da ONUCI e jovens pró-Gbagbo na semana passada na comuna popular de Abobo onde dois jovens foram baleados..

"Efetivamente, a ONUCI disparou contra os nossos concidadãos, dois dos nossos concidadãos que vôces viram na televisão,e que estão no Hospital Militar de Abidjan", declarou Gbagbo à Rádio Televisão Ivoiriense (RT)I, afirmando que a ONUCI não tem o direito de efetuar uma intervenção deste género.

"Não é o papel das forças da ONU (Organização das Nações Unidas) de disparar contra os cidadãos, não é mesmo o seu papel de guerrear.  O seu papel é tranquilizar, porém, desde há um tempo, elas já não tranquilizam. Hoje, quando a ONUCI dispara contra civis, isto é anormal e é por isso que peço a sua partida. Eu peço mesmo a partida da ONU e de Licorne (forças francesas) que as acompanha", exigiu Gbagbo.

Ele indicou ter recomendado aos seus apoiantes para deixarem os Capacetes Azuis (da ONU) "tranquilos" mas que agora pede a partida da ONUCI pela via diplomática.

"Vamos obter a sua partida definitiva pela via diplomática, mas é preciso que eles partam, senão, as derrapagens deste género vão continuar, e não podemos aceitá-las", preveniu.

A ONUCI, composta por nove mil homens, é apoiada por 900 soldados franceses da operação Licorne.

Desde a instalação do campo Ouattara - declarado vencedor, pela Comissão Eleitoral Independente (CEI)  da segunda volta do escrutínio presidencial de 28 de Novembro último na Côte d'Ivoire - num hotel de luxo em Abidjan, 600 a 800 Capacetes Azuis foram desdobrados na zona deste hotel para garantir a sua segurança.

-0- PANA GB/SSB/FK/DD 2Jan2011

02 Janeiro 2011 11:49:45




xhtml CSS