Fundo Mundial financia luta contra sida no Mali

Bamako, Mali (PANA) – O Fundo Mundial de Luta contra a Sida, Tuberculose e Paludismo  disponibilizou, a 24 de fevereiro último, 71 biliões de francos CFA (quase 123 milhões de dólares americanos) dos quais 30 biliões de francos CFA (cerca de 52 milhões de dólares americanos) serão consagrados à luta contra o HIV/Sida, anunciou quinta-feira o secretariado-geral do Alto Conselho Nacional de Luta contra a SIDA (HCNLS) do Mali.

A subvenção do Fundo Mundial para 2016-2017, estimada em nove biliões e 705 biliões de francos CFA (quase 16 milhões e 800 mil dólares americanos), será gerida pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e repartida em três vertentes de intervenção, designadamente a prevenção, o tratamento e a coordenação.

Para a prevenção da transmissão mãe-filho, está previsto um orçamento de 299 milhões e 982 mil francos CFA (quase 519 mil dólares americanos) enquanto 18 milhões e 940 mil francos CFA (quase 33 mil dólares americanos) será alocados ao abastecimento de medicamentos.

O reforço do sistema de abastecimento de medicamentos será dotado de 828 milhões e 756 mil francos CFA (quase um milhão e 500 mil dólares americanos) ao passo que 582 milhões e 282 mil francos CFA (mais de um milhão de dólares americanos) para o financiamento do sistema de informação sanitária, o acompanhamento e avaliação.

Um acordo sobre a segunda subvenção de cerca de cinco biliões de francos CFA (cerca de oito mil e 650 dólares americanos), atinente ao HIV/Sida, será brevemente assinado entre o Fundo Mundial e a Organização Não Governamental (ONG) Plan Mali.

O Mali ostenta uma taxa de prevalência de 1,1 porcento e comprometeu-se, com outros países, a eliminar o HIV até 2030.

-0- PANA GT/BEH/SOC/MAR/DD 13maio2016

13 Maio 2016 10:56:22


xhtml CSS