Fundo Mundial concede 36,8 milhões de euros ao Togo para combate à Sida

Lomé, Togo (PANA) - O Fundo Mundial concedeu ao Togo 36 milhões e 800 mil euros (cerca de 24 biliões de francos CFA) para o período de 2015 a 2017 no quadro da luta contra a Sida, a tuberculose e o paludismo, soube a PANA quarta-feira de fontes seguras em Lomé.

Esta subvenção vai permitir ao Togo « reduzir o risco de transmissão das doenças sexualmente transmissíveis e do VIH junto das populações vulneráveis, melhorar a qualidade de vida dos adultos e das crianças portadoras de VIH ».

O Ministério da Saúde indicou que ela permitirá igualmente « tratar 100 porcento das pessoas diagnosticadas com co-infeção de tuberculose e VIH ».

No que diz respeito especificamente à tuberculose, cuja soma é de quatro milhões de euros do montante disponibilizado, este fundo servirá para testar quase nove mil casos.

A subvenção vai permitir também aumentar a taxa de sucesso do tratamento dos pacientes de tuberculose multi-resistentes de 62,5 para 67 porcento e tratar todos os doentes afetados pela co-infeção de VIH e tuberculose até ao fim de 2017.

A taxa nacional de prevalência do VIH/Sida no Togo passou de 5,8 porcento em 1999 para 2,5 porcento atualmente.

-0- PANA FAA/IS/SOC/FK/TON 24set2015

24 Setembro 2015 14:36:47


xhtml CSS