Fundação de Jornalistas pede libertação de colega gambiano

Accra- Gana (PANA) -- A Fundação da Imprensa da África Ocidental (MFWA) condenou terça-feira a detenção domingo do director do jornal "Foroyaa", Halifa Sallah, e exigiu a sua "libertação imediata e sem condições".
Num comunicado publicado em Accra, a Fundação sublinha que a Polícia gambiana não deu nenhuma explicação sobre os motivos da detenção de Sallah.
A MFWA "insta as autoridades gambianas a respeitar a Constituição do país ao fazê-lo comparecer formalmente diante duma jurisdição competente ou a libertá-lo imediatamente e sem condições".
Sallah está detido num Comissariado de Polícia de Serrekunda, a segunda maior cidade do país.

11 Março 2009 09:12:00




xhtml CSS