Fraude eleitoral continua a dominar imprensa em Cabo Verde

Praia- Cabo Verde (PANA) -- A polémica à volta da existência de um eventual "Gabinete de Fraude" que teria adulterado os resultados das eleições presidências de 2001 em Cabo Verde continua a merecer destaque nos jornais cabo-verdianos publicados esta semana, apurou a PANA na cidade da Praia.
Este tema faz manchete nos semanários "Expresso da Ilhas" e A Semana que apresentam versões diferentes sobre o papel desempenhado pela jovem Ana Évora que alegadamente terá pertencido ao referido "gabinete" que trabalhava para a campanha de Carlos Veiga, o candidato derrotado por Pedro Pires.
"Rui Araújo e Ana Évora -quem diz a verdade" é o título da primeira página do primeiro desses semanários, considerado próximo do Movimento para a Democracia (MPD), o principal partido da oposição em Cabo Verde.
O "Expresso da ilha" incluiu um suplemento sobre esta questão, onde se destaca uma entrevista com Ana Évora, na qual esta acusa o advogado Rui Araújo, mandatário de Pedro Pires, de a ter obrigado a fazer a denúncia da existência deste hipotético "Gabinete de Fraude", no qual pontificam para além de Carlos Veiga e outros altos dirigentes do MPD, o presidente do Supremo Tribunal da Justiça, Oscar Gomes.
"Pensamos que, nas sua palavras (de Ana Évora) aqui reproduzidas.
.
.
a verdade inteira, a "a verdadeira verdade", ainda fica por contar" escreve o articulista.
Por sua vez, o "A Semana", tido como próximo do poder, titula na primeira página "A fraude segundo Ana Évora", chamando a atenção dos leitores para uma entrevista com o advogado Rui Araújo no qual este afirma que "Ana Évora faltou a verdade quando, na semana passada, em entrevista à Rádio De Cabo Verde, negou as denúncias que lhe são atribuídas por aquele advogado e pelo deputado Amadeu Oliveira".
O articulistas deste semanário escreve que "visionou a cassete que Rui Araújo desafiou a televisão nacional a passar" e que "dessa observação da cassete não restam dúvidas: Évora faltou à verdade ao programa Quarta-feira à noite, nomeadamente quando disse que não sabia que estava a ser filmada.
" O semanário estatal "Horizonte", também traz no interior declarações de Rui Araújo, sob o título "Com novas provas sobre o alegado Gabinete de Fraude", o advogado "quer debate público na TCV".
Ainda relacionado com esta polémica, o jornal estatal anuncia que "Leão Barreto leva Carlos Veiga ao Tribunal", ao mesmo tempo que anuncia , a propósito da proposta da revisão do Código Eleitoral feita pelo Partido Africano da Independência de Cabo Verde, partido que sustenta o Governo, que o "MpD diz-se aberto ao diálogo".
Contudo a manchete principal do HORIZONTE é relativa à inauguração do primeiro Centro Nacional de Reabilitação de Deficientes de Cabo Verde (CNRD).
"Deficientes ganham primeiro Centro Nacional de Reabilitação" é o título que faz a primeira página da edição de do jornal que considera esta obra de "fruto da tenacidade e perseverança dos deficientes, que, desde 1977, vem lutando para ter este espaço (.
.
.
), o local onde vão se realizar os sonhos de muitos portadores de deficiência através do seu Núcleo Ortopédico e de Reeducação Funcional.
"

15 فبراير 2003 20:15:00


xhtml CSS