Francofonia adota resolução sobre Guiné-Conakry

Montreux- Suíça (PANA) -- Os chefes de Estado e de Governo dos países membros da Organização Internacional da Francofonia (OIF) instaram em Montreux, na Suíça, os candidatos à segunda volta das presidenciais guineenses, Cellou Dalein Diallo e Alpha Condé, a fazer tudo para que o escrutínio decorra com calma e no respeito das regras democráticas.
Numa resolução adotada no termo dos seus trabalhos, domingo, eles exortam igualmente os militantes da União das Forças Democráticas da Guiné (UFDG), de Cellou Diallo, e da Coligação do Povo da Guiné (RPG), de Alpha Condé, a permitir que a segunda volta decorra com calma.
Adotada por iniciativa do Burkina Faso e do Mali, esta resolução exprime o apoio "total" da cimeira ao novo presidente da Comissão Eleitoral Nacional Independente (CENI), o general maliano Siaka Toumani Sangaré, perito da OIF em matéria eleitoral.
Os chefes de Estado e de Governo saudaram igualmente a mediação do Presidente do Burkina Faso, Blaise Compaoré, na crise política na Guiné-Conakry.
Inicialmente prevista para domingo passado, a segunda volta das presidenciais foi adiada sine die a pedido do presidente da CENI, alegando problemas de ordem técnica.
Na semana passada, vários confrontos violentos opuseram os apoiantes dos dois candidatos, nomeadamente em Conakry, a capital, em Kankan e em Siguiri.

25 Outubro 2010 10:56:00




xhtml CSS