França lança programa de formação de estudantes senegaleses

Dakar- Senegal (PANA) -- O embaixador de França no Senegal, Nicolas Normand, e o ministro senegalês do Ensino Técnico e Formação Profissional, Moussa Sakho, lançaram terça-feira em Dakar um programa denominado "França Formação Profissional", destinado a formar em França, a partir deste ano, 60 estudantes senegaleses.
Trata-se de 63 estudantes, dos quais 38 bacheréis do ensino técnico e 25 do ensino geral que serão formados durante dois a três anos como técnicos superiores nos domínios das obras públicas, da agricultura e da agroalimentar, da hotelaria e do turismo, da moda e da estética, do automóvel e da água.
Segundo o embaixador de França no Senegal, a seleção dos áreas de formação foi feita em concertação com as autoridades senegalesas e em função da procura das empresas presentes no Senegal, bem como das necessidades urgentes para o desenvolvimento do país, nomeadamente orientações setoriais e a estratégia de crescimento acelerada.
Ele lembrou que França possui nove mil estudantes senegaleses, cuja maioria segue formações que não são obrigatoriamente adequados com as necessidades do Senegal.
"O novo programa tem então por objetivo corrigir esta situação que perdurou", explicou.
França contribui para este programa com um bilião 200 milhões de francos CFA (um milhão 800 mil euros), destinados a garantir aos estudantes senegaleses uma escolaridade nos melhores estabelecimentos de especialização, bem como alojamentos em cidades universitárias com uma tarefa preferencial reservada aos estudantes franceses.
Quanto ao Senegal, ele vai conceder uma bolsa de estudos a cada um destes estudantes que já estão praticamente todos em França.
O ministro senegalês do Ensino Técnico e Formação Profissional anunciou que empresas senegalesas, nomeadamente Eiffage Sénégal, Accor, Veolia, foram solicitadas e comprometeram-se a recrutar todos estes estudantes quando concluirem as suas formações.

13 Outubro 2010 21:25:00


xhtml CSS