França congratula-se com assinatura do acordo de paz sobre Darfur em Doha

Paris, França (PANA) – A assinatura quinta-feira em Doha, a capital qatariota, de um acordo de paz entre o Governo sudanês e o Movimento  Justiça e Libertação (MJL), grupo armado de Darfur (região ocidental do Sudão), resulta do processo levado a cabo de modo notável pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela União Africana (UA), graças ao apoio constante do Qatar, disse sexta-feira em Paris um porta-voz do ministério francês do Negócios Estrangeiros, Romain Nadal.

Falando durante um briefing, Nadal homenageou a ação determinada e contínua do medianeiro conjunto da ONU e da UA, o Burkinabé Djibril Bassolé, reiterando a convição do seu país segundo a qual "apenas uma solução política vai permitir o fim dos sofrimentos das populações e oferecer a segurança necessária ao desenvolvimento em Darfur».

Por outro lado, exortou todos os movimentos de Darfur a participarem nas negociações em curso em  Doha num espírito aberto e construtivo, a fim de tirar proveito da dinâmica impressa e concluir com o Governo sudanês um acordo de paz global e inclusivo.

Desde fevereiro de 2003, a província de Darfur está confrontada com uma guerra civil que fez milhares de mortos e centenas de milhares de deslocados.

Negociações de paz foram empreendidas nestes últimos meses no Qatar, sob a egide da ONU e da UA, entre o Governo central do Sudão e diferentes movimentos rebeldes de Darfur.

-0- PANA SEI/SSB/CJB/DD     15jul2011

15 يوليو 2011 19:36:31




xhtml CSS