França apela para respeito por resultados do referendo no Sul Sudão

Paris, França (PANA) – A França apela a todas as partes sudanesas para aceitarem os resultados do referendo previsto domingo próximo no Sul Sudão, disse quarta-feira em Paris o porta-voz adjunto do ministério francês dos Negócios Estrangeiros, Christine Fages.

Falando durante um briefing, Fages considerou que o respeito pelos compromissos assumidos no âmbito do acordo inter-sudanês de 2005 terá uma incidência sobre o desenvolvimento das relações franco-sudanesas.

"Apelamos, desde o início deste processo, para a aplicação, pelas partes em causa, do acordo global de paz Norte-Sul de Janeiro de 2005 e para a aceitação dos resultados do referendo para todos", afirmou Fages.

Intitulado "Comprehensive Peace Agreement" (Acordo Compreensivo de Paz), o acordo inter-sudanês, rubricado a 9 de Janeiro de 2005 em Nairobi, no Quénia, prevê um escrutínio referendário que dê aos Sul-Sudaneses a possibilidade de escolher entre a permanência da sua província na Federação do Sudão ou a sua independência.

O Presidente do Sudão, Omar El-Béchir, comprometeu-se, terça-feira em Juba, a capital do Sul-Sudão, a respeitar os resultados do referendo.

-0- PANA SEI/AAS/CJB/DD       05Jan20011

05 january 2011 21:13:59




xhtml CSS