Fotógrafo maliano vence prémio internacional de fotografia

Bamako- Mali (PANA) -- O fotógrafo maliano Malick Sidibé vai receber a 25 de Outubro próximo em Göteborg (Suécia), o prémio internacional da fotografia 2003 da Fundação Hasselblad, revelou quarta-feira a imprensa local.
Estimado em 500 mil coroas suecas (mais de 60 mil dólares) e uma medalha de ouro, o prémio da Fundação Hassebald é uma das distinções das mais prestigiadas da imagem fixa no mundo, soube- se da mesma fonte.
O Maliano, primeiro fotógrafo africano a conquistar este galardão, e cujas fotos estão expostas no "National Portrait Gallery" de Londres (Grã Bretanha) e em Angers (França), conseguiu constituir, desde o período colonial, uma memória e um testemunho único do seu país.
"Malick Sidibé é conhecido graças as suas fotografias relativas a vida social em Bamako a partir do fim da década 50 até meados da década 70.
Cobriu casamentos, festas, eventos desportivos e culturais", escreveu o "L'Essor", diário nacional.
Durante cerca de 30 anos, segundo o "L'Essor", Malick Sidibé fez o retrato de toda Bamako, dando a cada um dos seus modelos uma posição mais adequada, em harmonia com a sua personalidade e suas roupas de moda.
"Os seus retratos traduzem a evolução cultural e social do Mali pos-colonial e revelam imagens expressivas de alegria, esperança, beleza, possantes pelo seu grafismo e psicologia expressiva ", concluiu o mesmo jornal.

02 Abril 2003 12:22:00


xhtml CSS