Fórum árabo-americano quer regras e carta para prosseguimento de diálogo

Tripoli, Líbia (PANA) – O segundo fórum do diálogo árabo-americano sobre as pessoas portadoras de deficiêncicas findou em Tripoli com a recomendação da elaboração de regras e duma carta para o fórum fundadas na prosseguição do diálogo, conforme às cartas e convenções internacionais.

O fórum recomendou igualmente o respeito pelas leis e pelas especificidades de cada país membro evitando aspetos religiosos e políticos.

O encontrou decidiu igualmente a criação dum mecanismo ou estrutura que garanta o seguimento da execução das recomendações do diálogo e a escuta dos pontos de vista, as suas diversidades e o respeito pelas divergências.

Os participantes sublinharam também a importância da cooperação e da troca das perícias e experiências entre os países membros e apelaram para o cumprimento das recomendações e das decisões tomadas nessa ocasião.

A reunião defendeu a realização do fórum de diálogo anualmente num dos países membros e a abertura de oportunidades aos centros e instituições civis e às pessoas portaforas de deficiências nos países árabes e nos Estados Unidos, para que se tornem membros deste fórum.

O segundo fórum de diálogo árabo-americano, uma iniciativa do Comité olímpico líbio e do Comité Paralímpico, em colaboração com a universidade norte-americana de Kensao das Ciências Humanas, realizou-se durante três dias sob o lema "Apoio social para ajudar as pessoas portadoras de deficiências" com a participação de 10 países, designadamente a Líbia, país anfitrião, o Bahreïn, o Qatar, a Arábia saudita, o Sudão, a Jordânia, o Egipto, a Tunísia, a Argélia e os Estados Unidos.

-0- PANA BY/FA/TBM/IBA/CJB/DD      17Dez2010

17 Dezembro 2010 16:46:28


xhtml CSS