Fortes chvuas causam enormes danos no sudoeste do Rwanda

Kigali, Rwanda (PANA) - Tetos de pelo menos 169 casas, de edifícios escolares e de igrejas foram destruídos pelas chuvas que se abateram terça-feira última à noite em várias partes de Rusizi, um distrito do sudoeste do Rwanda, perto da fronteira com a República Democrática do Congo (RDC), soube-se de fonte segura em Kigali.

A catástrofe ocorreu uma semana depois de a Agência Meteorológica do Rwanda ter divulgado previsões sazonais de setembro a dezembro próximo que vaticinam possibilidades de chuvas normais e anormais, principalmente nas regiões ocidentais do país.

Um alto responsáveis no distrito de Rusizi, principalmente afetado, Martin Nziranziza, explicou que fortes chuvas acompanhadas de ventos fortes destruíram tetos de 13 salas de aula de uma escola primária.

"Felizmente, não se registou, até ao momento, nenhum morto e nenhum ferido quando o vento destruiu propriedades", regozijou-se Nziranziza.

As previsões meteorológicas advertiram dum risco de inundações e de deslizamento de terras.

As províncias do norte e do oeste deste país da África Oriental, são sujeitas, muitas as vezes,  estão abaladas por chuvas torrenciais sobretudo durante a estação de setembro a dezembro e de fevereiro a maio.

Os responsáveis rwandeses começaram a distribuir o material de socorro às vítimas das inundações ocorridas esta semana no norte e no sudeste.

Segundo o Ministério Rwandês da Gestão das Catástrofes e Refugiados, as inundações desencadeadas por precipitações incessantes em várias regiões do norte e do sudeste do Rwanda deixaram não só várias famílias sem abrigos, mas também destruíram 474 hectares de fazendas, deixando fazendeiros perplexos.

Receia-se que fortes chuvas continuem a cair sobre a mesma região, declarou a Agência Meteorológica, exortando os residentes das zonas afetadas a ficarem vigilantes para eventuais inundações e deslizamentos de terras.

-0- PANA TWA/MA/MTA/JSG/IBA/MAR/DD 21set2017

21 Setembro 2017 10:47:10


xhtml CSS