Forças Novas irritados face a lentidão do Acordo Político

Abidjan- Côte d'Ivoire (PANA) -- As Forças Novas (FN, ex- rebelião ivoiriense) começara a perder paciência face à lentidão na aplicação do Acordo Político de Ouagadougou, constatou a PANA.
No termo duma reunião realizada domingo e segunda-feira no seu feudo de Bouaké, o ex-movimento rebelde declarou- se, com efeito, impressionado pelas dificuldades de financiamento da reinserção dos antigos combatentes.
As Forças Novas deploraram nomeadamente o desrespeito dos compromissos tomados neste sentido pelos actores nacionais e internacionais.
Sobre a vertente de segurança do processo eleitoral, elas constataram que, na perspectiva das consultas eleitorais, o Centro de Comando Integrado (CCI) ainda não está plenamente operacional, por falta de meios humanos, materiais e financeiros.
Elas notaram igualmente que o desarmamento e o desmantelamento das milícias previstos pelo Acordo Político de Ouagadougou ainda não estão efectivos.
A 28 de Janeiro último, lembre-se, o Conselho de Segurança das Nações Unidas exprimiu a sua precoupação pelos atrasos registados no desdobramento das unidades mistas do Centro de Comando Integrado (CCI) encarregues da segurança do desenrolamento dos votos.
O Conselho de Segurança pediu nomeadamente às partes ivoirienses para redobrarem de esforços.

08 Fevereiro 2010 19:03:00




xhtml CSS