Financiamento de 74 projectos de combate à Sida em Cabo Verde

Praia- Cabo Verde (PANA) -- O Comité de Coordenação e Combate ao Sida (CCC-Sida) em Cabo Verde aprovou, no último trimestre do ano findo, 74 projectos dos 131 apresentados pela sociedade civil no quadro luta contra esta pandemia no arquipélago, soube-se de fonte esta segunda-feira na cidade da Praia.
O psicólogo e membro do CCC-Sida, José António dos Reis, disse à imprensa que registou-se "uma adesão muito grande e muitas iniciativas tanto mais que o plano só arrancou em Setembro de 2002".
Segundo aquele responsável, "se a dinâmica se mantiver em 2003, o número de projectos vai aumentar, ficando mais ampla a luta contra a Sida" nos diversos municípios e no país em geral.
"Para nós, tudo o que serve para chamar a atenção da população sobre o perigo da Sida, suscitar debates à volta da questão, informar, educar e sensibilizar, é elegível", acrescentou José António dos Reis.
O município de Santa Catarina, no interior da ilha de Santiago, foi aquele que mais projectos apresentou em 2002, isto é, 31, dos quais 19 foram aprovados.
Os restantes concelhos com maior número de projectos são Praia (17, dos quais seis aprovados e oito em analise), Porto Novo (15, dos quais oito aprovados e seis em analise) e São Vicente (10, dos quais quatro aprovados e seis em analise).
Os projectos avaliados em menos de 10 mil dólares são aprovados pelos comités municipais enquanto aqueles com valores de até 75 mil dólares são avaliados pelo secretariado executivo do CCC- Sida.
De salientar que o plano estratégico de luta contra a Sida em Cabo Verde está avaliado em 23 milhões de dólares, dos quais 9 são disponibilizados pelo Banco Mundial (BM).

13 Janeiro 2003 13:02:00


xhtml CSS