Filho de George Weah integra equipa americana de futebol

Nova Deli, Índia (PANA) - Uma seleção americana de 21 jogadores, dos quais Tim Weah, filho do ex-melhor jogador mundial do ano e grande estrela do futebol liberiano George Weah, chegou a Nova Deli para participar no Mundial dos Sub-17 a arrancar a 6 de outubro corrente.

Segundo a FIFA.com, a equipa treinada por John Hackworth, chegou domingo ao aeroporto internacional Indira Ghandi por volta das dez horas locais.

A equipa americana vem de Dubai onde teve uma semana de treino para preparar o Mundial dos Sub-17.

Os Estados Unidos etão no grupo A com a Índia, a Colômbia e o Gana, e devem iniciar o jogo contra a Índia a 6 de outubro e o Gana a 9 do corrente e a Colômbia três dias mais tarde.

Os dois primeiros jogos serão disputados no estádio Jawaharlala Nehru em Nova Deli, a capital da ìndia, enquanto a segunda volta terá lugar no estádio Dy Patil em Navi Mumbai.

A federação americana de futebol reteve 17 jogadores que faziam parte da equipa que disputou o torneio qualificativo em abril (campeonato 2017 dos Sub-20 da CONCACAF) onde terminou no segundo lugar.

Entre as vedetas da equipa pode-se notar Josh Sargent (Americano) e Tim Weah.

Doze dos 21 jogadores convocados vêm das equipas de futebol da Major League (Liga Principal dos Estados Unidos).

Os Estados Unidos participaram nas 15 e 16 edições do Mundial dos Sub-17 tendo falhado apenas uma única, de 2013.

A melhor proeza foi a registada na Nova Zelândia em 1999, onde Landon Donovan, DaMarcus Beasley e Oguchi Onyewu permitiram aos Americanos obterem o quarto lugar, depois de terem perdido as suas meias-finais diante da Austrália no termo da marcação de grandes  penalidades.

Os Americanos atingiram os quartos-de-final por quatro vezes, mais recentemente, em Perú (2005).

A última vez foi no Chile em 2015, onde os Estados Unidos não conseguiram, pela primeira vez, sair da fase de grupo desde 2001.

-0- PANA VAO/ASA/IS/MAR/DD 03out2017

03 Outubro 2017 12:18:43




xhtml CSS