FIFA multa Ittihad de Alexandria em $ 440 mil por rutura abusiva de contrato

Alexandria, Egito (PANA) - A Federação Internacional de Futebol (FIFA) condenou a equipa egípcia do Ittihad de Alexandria a pagar uma multa de 440 mil dólares americaos ao jogador camaronês Samuel Nlend, por ter posto unilateralmente fim ao seu contrato.

A equipa camaronesa do Union Sportive de Doualá anunciou, na sua conta Facebook, que a FIFA estatuiu a favor do seu atacante de 22 anos de idade.

O caso remonta a agosto de 2016, quando a equipa sediada em Alexandria pôs termo ao contrato de Nlend, quatro dias depois de o ter recrutado junto do Union de Doualá para um contrato de três anos. O Ittihad rompeu o contrato alegando que o jogador chumbou nos testes médicos que revelaram que ele era seropositivo.

A equipa camaronesa afirmou antes que iria interpor um recurso junto da FIFA contra a equipa do Ittihad de Alexandria por "rutura abusiva de contrato e por difamação".

"A FIFA estatuiu a favor de Samuel Nlend e doa Union de Douala no seu contencioso com a equipa egípcia do Ittihad de Alexandria depois da rutura abusiva de contrato do jogador", afirmou a equipa de Douala.

-0- PANA VAO/ASA/TBM/SOC/MAR/IZ 02ago2017

02 Agosto 2017 11:25:38




xhtml CSS