FIFA considera que Foé era "um atleta respeitado"

Lyon- França (PANA) -- A Federação Internacional das Associações de Futebol (FIFA) considerou que Marc-Vivien Foé, médio camaronês que morreu a 26 de Junho durante um jogo das meias-finais da Taça das Confederações contra a Colómbia, era um "atleta brilhante, amado e respeitado".
"Marc-Vivien Foé era um atleta brilhante, amado, apreciado e respeitado.
Para os clubes, os Leões (Indomáveis), África e o futebol, é uma grande perda", disse o presidente da FIFA, J.
Sepp Blatter durante uma missa organizada quinta-feira na catedral de Saint-Jean de Lyon em memória ao malogrado jogador.
"O mundo do futebol apenas pode exprimir agradecimentos solenes (a ti Foé) por tudo o que trouxeste a este jogo, a sua fé, engajamento, respeito dos outros e o seu amor pela humanidade", ressaltou.
O presidente da FIFA havia sido vaiado domingo no Estádio de França por ter ordenado a disputa da final da Taça das Confederações, em que a França venceu os Camarões por 1-0, apesar da morte de Foé.
Ritos de um funeral oficial seguidos do enterro serão organizados segunda-feira para Marc-Vivien Foé em Yaoundé, segundo um decreto assinado pelo Presidente Paul Biya.

04 Julho 2003 11:13:00




xhtml CSS