Federação Santomense de Taekwondo prepara jogos africanos e olímpicos de 2016 no Brasil

São Tomé, São Tomé e Príncipe (PANA) - A Federação Santomense de Taekwondo está pronta para iniciar treinos de preparação para atletas selecionados para disputar os jogos africanos no Congo Brazzaville e as eliminatórias dos jogos olímpicos do Rio de Janeiro, no Brasil, em 2016.

Desasseis atletas em diferentes escalões e categorias foram apurados no final do campeonato nacional de taekwondo de um ano realizado em quatro fases em cerca de 10 escolas.

Os desportistas eleitos são campeões e vice-campeões de cada categoria, nomeadamente Eloy Joy Pereira, que se mostrou satisfeito com o resultado do projeto “Esperança Olímpica Rio 2016” concebido pela Federação com vista à sua massificação.

Também se regozijou com a escolha de talentos que representarão as cores nacionais em competições internacionais.

O projeto “Esperança Olímpica” foi concebido para diminuir a má prestação da seleção de Taekwondo nas competições internacionais.

Desde participação de São Tomé e Príncipe em 2011 nos jogos africanos de Maputo (Moçambique), os lutadores de taekwondo santomenses já não brilham nos jogos internacionais.

Com a escolha de melhores atletas, fruto de anos de prova, novos talentos irão ser colocados nos centros de alto rendimento nos países europeus e africanos.

O diretor-geral dos Desportos, Angélico Santos, que esteve presente no pavilhão multi-uso do liceu Manuela Margarido, deu garantias de que o projeto "Esperança Olímpica" da Federação Nacional de Taekwondo é um exemplo nacional merecedor de todo apoio do Governo.

Vanderly Morais, eleito melhor atleta e campeão na categoria de menos de 68 quilos, prometeu continuar a trabalhar para dignificar o arquipélago santomense nas competições internacionais.

-0- PANA RMG/DD 17dez2014
  

17 Dezembro 2014 08:34:46


xhtml CSS