Facebook abre sua primeira representação na África do Sul

Abidjan, Côte d’Ivoire (PANA) – A rede social Facebook abriu a sua primeira representação em África, instalada em Joanesburgo, na África do Sul, para reforçar o seu compromisso de apoiar as empresas no seu desenvolvimento nos planos local e regional, anuncia um comunicado transmitido segunda-feira à PANA.

Segundo o vice-presidente da Facebook para a Europa, Médio Oriente e África (EMEA), Nicola Mendelson, a abertura desta primeira representação constitui uma etapa importante  para a Facebook e as suas equipas que querem trabalhar em parceria com  as empresas que operam no continente.

« África é importante para Facebook, e esta representação constitui um elemento chave da nossa estratégia visando alargar o nosso investimento e a nossa presença na  região EMEA. A rede Facebook  já é um elemento central na vida das pessoas em África, e com mais de um bilião de pessoas em África, queremos fazer mais para ajudar as pessoas e as empresas a conetar-se”, prosseguiu.

A rede Facebook vai concentrar-se no início no crescimento da sua atividade em alguns países das principais regiões da África Subsariana tais como o Quénia (África Oriental), a Nigéria (África Ocidental) e a África do Sul (África Austral). Outros países também visados são o Senegal, a Côte d’Ivoire, o Gana, a Tanzânia, o Rwanda, o Uganda, a Zâmbia, Moçambique e a Etiópia.

A Facebook pretende colaborar com os Governos, as operadoras de telecomunicações, as agências e as outras partes interessadas para fornecer soluções adaptadas  aos anunciadores e aos utilizadores à escala continental.

Ela vai concentrar-se na proposta das soluções adaptadas aos formatos publicitários que respondam  às necessidades dos clientes e dos anunciadores no primeiro ambiente africano unicamente móvel.

A representação será dirigida, a partir de setembro próximo, por Nunu Ntshingila,  um veterano da agência de publicidade Ogilvy. Ele é diplomado pelas  universidades de Swazilândia e  de Morgan State nos Estados Unidos.

A população africana utilizadora de Facebook aumentou 20 porcento, atingindo 120 milhões de utilizadores em junho de 2015, contra 100 milhões em setembro de 2014. Mais de 80 porcento deles  conetam-se a partir dum telemóvel.

-0- PANA BAL/BEH/SOC/FK/IZ 30junho2015

30 Junho 2015 11:45:15


xhtml CSS