FNUAP saúda progressos do planeamento familiar na África Ocidental

Dakar, Senegal (PANA) – O representante do Fundo das Nações Unidas para a População (FNUAP) para a África Ocidental e Central, Faustin Yao, saudou sexta-feira em Dakar reais progressos em matéria de Planeamento Familiar, exortando os Governos da região a assumir mais compromissos no setor da saúde reprodutiva dos jovens.

Falando no quarto dia da Conferência Internacional sobre o Planeamento Familiat, ele afirmou que países como o Níger e o Senegal são exemplos típicos da vontade das autoridades nesta matéria.

Yao, residente no Senegal, deplorou no entanto problmas sociológicos que reduzem a taxa de prevalência contracetiva na África Ocidental, sublinhando que isto se explica em parte pela falta de qualidade das infraestruturas sanitárias.

« Devemos conceber programas que digam respeito aos jovens em condições que lhes  convenham e satisfaçam as suas necessidades específicas. Aumentar o acesso ao planeamento familiar voluntária permitirá evitar até a um morto materno em cada três e um falecimento de criança em cada 11 », disse.

Falando da integração de serviços de saúde, o representante do FNUAP na África Ocidental e Central indicou que "é preciso identificar" os serviços que respondam às necessidades das populações.

Ele considerou que a boa prática do planeamento familiar permite atingir Objetivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM).

-0- PANA DOU/AAS/IBA/MAR/DD 02dez2011

02 Dezembro 2011 20:58:21


xhtml CSS