FAO saúda forte determinação de dirigentes africanos no combate à fome

Malabo, Guiné Equatorial (PANA) - O diretor-geral da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), José Graziano da Silva, felicitou os dirigentes africanos pelo sua forte determinação na luta contra a fome.

Entre os esforços renovados pelo continente para estimular a segurança alimentar regional fa FAO evidenciou o reforço da estratégia sobre o Programa de Desenvolvimento da Agricultura Africana (PDAA) através dos laços com a proteção social, a instauração duma cooperação sul-sul, um fundo especial sobre a segurança alimentar e, finalmente, o engajamento de erradicar a fome crónica até 2025..

"É urgente valorizarmos a nossa alimentação local e tradicional e fazer levantar a questão da boa alimentação. Partilho com vocês a ideia segundo a qual a prioridade maior é reduzir a importação dos alimentos e a dependência relativamente às importações", acrescentou Graziano da Silva.

"Um Desenvolvimento Real e Duradouro deve Emergir do Interior e cabe ao PDAA desempenhar este papel", indicou.

O tema da Cimeira de Malabo desta semana é "Transformar a Agricultura Africana para uma Prosperidade Partilhada e a Melhoria dos Meios de Subsistência, através do Desenvolvimento das Oportunidade para o Crescimento Inclusivo e do Desenvolvimento Sustentável".

A União Africana designou igualmente 2014 como o Ano da Agricultura e Segurança Alimentar em África.

A Cimeira desta Semana marca o décimo aniversário da criação do PDAA, um esforço de cooperação regional destinado a estimular a produtividade agrícola na região.

Durante a Cimeira, o Fundo de Soliedariedade Africano anunciou um apoio a quatro novos projetos sub-regionais destinados a aumentar a segurança alimentar e a nutrição em 24 países

O PDAA concebido pela África e pertence-lhe", frisou Graziano da Silva, durante uma reunião da NEPAD (Nova Parceria para o Desenvolvimento de África) organizada no local.

Durante uma sessão da Assembleia Geral das Nações Unida organizada quinta-feira, os dirigentes africanos comprometeram-se formalmente em relação a uma série de objetivos que refletem "a Visão da Agricultura que desejamos", nomeadamente a eliminação da fome até 2025 e a melhoria da nutrição

-0- PANA PR/SEG/AKA/BEH/IBA/MAR/DD 27junho2014

27 Junho 2014 18:10:27


xhtml CSS