FAO e Noruega ajudam países em desenvolvimento a controlar seus recursos florestais

Roma, Itália (PANA) – A Noruega e a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e  Agricultura( FAO)  concluíram um acordo de parceria no valor de quatro milhões e 500 mil dólares americanos para melhorar a capacidade dos países em desenvolvimento de controlar os seus recursos florestais e de informar sobre as mudanças que produzem.

O projeto facilitará o  acesso dos países às fontes de dados de observação da terra, nomeadamente  o programa de imagens satélite, e permitirá  a instalação duma plataforma de utilização fácil para a análise e a interpretação destes dados.

« A nova plataforma oferece aos países um conjunto de instrumentos eficazes para controlar as mudanças nas zonas florestais  e os stocks de carbono e para instalar regimes de gestão sustentável das florestas », indica o subdiretor-geral do Departamento das Florestas da FAO, Eduardo Rojas-Briales.

Também o novo software da FAO  visa resolver estes problemas, evitando ter  de descarregar imagens localmente e recorrendo de preferência à tecnologia do « Cloud ».

Numa primeira fase, a FAO inciará a execução do novo sistema em 13 países nos próximos três anos no quadro do seu apoio às atividades do Programa de Colaboração das Nações Unidas sobre a Redução das Emissões devidas à Deflorestação  e à Degradação das Florestas nos Países em Desenvolvimento (UN-REDD).

O sistema será utilizado principalmente pelos técnicos florestais para  controlar e avaliar as quantidades de carbono armazenadas nas zonas florestais a fim de ajudar os países a relatar estes dados e a receber compensações  em troca das reduções de emissões verificadas.

-0- PANA SEG/NFB/TBM/SOC/FK/IZ 14abril2015

14 Abril 2015 21:40:12


xhtml CSS